app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Nacional

Dilma alerta: Pa�s ‘n�o aguenta’ se veto a pauta-bomba for derrubado

Brasília, DF – Em nova reunião com deputados aliados, ontem, a presidente Dilma Rousseff disse, segundo relatos dos participantes, que o Brasil não aguentará as consequências de eventual derrubada, pelo Congresso, de seus vetos a projetos da chamada “paut

Por | Edição do dia 18/09/2015 - Matéria atualizada em 18/09/2015 às 00h00

Brasília, DF – Em nova reunião com deputados aliados, ontem, a presidente Dilma Rousseff disse, segundo relatos dos participantes, que o Brasil não aguentará as consequências de eventual derrubada, pelo Congresso, de seus vetos a projetos da chamada “pauta-bomba”. No encontro realizado no Palácio do Planalto para discutir o pacote do governo de corte de gastos e elevação da tributação, Dilma manifestou muita preocupação com a sessão do Congresso da próxima terça-feira (22) que irá analisar os vetos. O principal temor da petista, segundo deputados, é com a derrubada do veto ao projeto que concede aumento médio de 59,5% aos servidores do Judiciário nos próximos quatro anos. O impacto relatado por Dilma na reunião é de gasto extra de R$ 25,7 bilhões até 2018 e, após isso, R$ 10 bilhões ao ano. “Ela disse que não é suportável esse aumento nesse momento, que o País não suportaria a derrubada desses vetos”, afirmou o líder da bancada do PMDB, Leonardo Picciani (RJ), reproduzindo declaração confirmada por outros dois deputados. Ficou acertado que cada líder governista irá levantar os votos pró e contra o veto em suas bancadas e apresentar ao Planalto um mapeamento na segunda. Ministros de Dilma também irão enviar aos deputados as projeções detalhadas dos custos extras. Outros vetos que o governo pretende manter são aos projetos que criam uma alternativa ao fator previdenciário – regra que desestimula aposentadorias precoces – e o que estende a todos os aposentados a política de valorização do salário mínimo.

Mais matérias
desta edição