app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Nacional

Promotor desiste de intimar Lula

São Paulo, SP – O promotor Cássio Conserino, do Ministério Público de São Paulo, disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não será alvo de condução coercitiva (quando o investigado é levado para depor) no procedimento que apura a suposta oculta

Por | Edição do dia 02/03/2016 - Matéria atualizada em 02/03/2016 às 00h00

São Paulo, SP – O promotor Cássio Conserino, do Ministério Público de São Paulo, disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não será alvo de condução coercitiva (quando o investigado é levado para depor) no procedimento que apura a suposta ocultação de patrimônio no caso do triplex em Guarujá. Também afirmou que não haverá novas intimações do ex-presidente e da ex-primeira dama Marisa Letícia. Um depoimento dos dois estava marcado para amanhã. Os advogados do ex-presidente enviaram defesa por escrito e comunicaram que ele não compareceria. A defesa de Lula também entrou com um habeas corpus preventivo no Tribunal de Justiça de São Paulo para evitar que ele fosse conduzido coercivamente para depor na Promotoria. AUTODEFESA Ao justificar a decisão, Conserino disse, em nota, que Lula e a mulher “podem não querer exercer a autodefesa”. Anteriormente, os advogados acusaram o promotor de ter interesse midiático no caso. Ele apura a transferência do condomínio Solaris, em Guarujá, da cooperativa Bancoop para a empreiteira OAS.

Mais matérias
desta edição