app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Nacional

Inje��o de silicone deixa mulher em coma na Bahia

Salvador – A empregada doméstica Rosângela Dantas de Jesus, de 29 anos, está internada em coma no Hospital Geral do Estado (HGE) de Salvador, em conseqüência de uma injeção de silicone usada para polir e lubrificar carros que tomou para aumentar as nádega

Por | Edição do dia 12/04/2002 - Matéria atualizada em 12/04/2002 às 00h00

Salvador – A empregada doméstica Rosângela Dantas de Jesus, de 29 anos, está internada em coma no Hospital Geral do Estado (HGE) de Salvador, em conseqüência de uma injeção de silicone usada para polir e lubrificar carros que tomou para aumentar as nádegas. O produto foi aplicado pelo travesti conhecido como “Piroco” (Édson Lima Matos), que cobrou R$ 300,00 pela “cirurgia plástica”. “Piroco” está sendo procurado pela 5ª Delegacia de Polícia de Salvador. Outras cinco mulheres já foram atendidas nas últimas semanas pelo mesmo motivo, disse hoje o médico Carlos Briglia do HGE. Ele afirmou que a aplicação do silicone provocou uma infecção grave na paciente, resultando na necrose de uma grande área da epiderme das nádegas. A dona de casa Norma Cunha contou que sua empregada, Rosângela, recebeu a injeção no dia 3 de março e, a partir de então, passou a se sentir mal. Conforme Norma, um dos “procedimentos” de “Piroco” na “operação” foi fechar o orifício da injeção com esmalte de unha. Venda de Bebê Em Campo Grande, a polícia do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prendeu, no início da noite de quarta-feira, Érika Ferreira de Moraes, de 24 anos, acusada de vender a filha quatro horas após o parto. Érika confessou aos policiais, em depoimento na Delegacia Central de Polícia Civil da cidade de Dourados, que o bebê teria sido vendido para a comerciante Glauce Alice Firmino Martins, de 24 anos. A comerciante teria pago a primeira das 12 parcelas mensais de R$ 180,00.

Mais matérias
desta edição