app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Nacional

Helo�sa diz que deve ser candidata a presidente

Brasília - A senadora Heloísa Helena (sem partido-AL)  deve ser candidata à Presidência da República em 2006 pelo  partido que será fundado neste  final de semana pelos parlamentares expulsos do PT no fim  do ano passado. Em entrevista ontem à Folha Onli

Por | Edição do dia 05/06/2004 - Matéria atualizada em 05/06/2004 às 00h00

Brasília - A senadora Heloísa Helena (sem partido-AL)  deve ser candidata à Presidência da República em 2006 pelo  partido que será fundado neste  final de semana pelos parlamentares expulsos do PT no fim  do ano passado. Em entrevista ontem à Folha Online, a senadora considerou “quase impossível” sua  vitória, mas afirmou “ter obrigação de disponibilizar o  nome” para tornar o partido  conhecido nacionalmente e  beneficiar outros candidatos da legenda. Heloísa lança – junto com os deputados Babá (PA), João Fontes (SE) e Luciana Genro (RS), todos expulsos do PT em dezembro de 2003 – neste sábado e domingo, um novo partido em Brasília. O nome da legenda será escolhido durante sua assembléia de fundação. Pode ser Partido Socialista (PS) ou Partido do Socialismo e da Liberdade (PSOL). “Sei que é necessário para a construção do partido que nós tenhamos uma candidatura nacional”, disse. A senadora acredita que teria muito mais chances de vitória caso se candidatasse ao governo de Alagoas. “Sei onde tenho chances, mas não sou carreirista. (...) Não teria nenhum problema em voltar para a sala de aula”, afirmou Heloísa, que é professora licenciada de Estatística na Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Luciana Genro e João Fontes já apóiam abertamente a candidatura da senadora, que, segundo eles, estaria apenas atendendo a um “clamor popular”. O lançamento oficial da candidatura, entretanto, não deve acontecer durante a fundação do partido.

Mais matérias
desta edição