app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5751
Nacional

Lula vai atuar no processo de liberta��o

Brasília – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu intervir pessoalmente nos esforços pela libertação do brasileiro  João José Vasconcellos Jr., seqüestrado no Iraque, na semana passada. A situação, que no início foi tratada com “discrição” pelo g

Por | Edição do dia 25/01/2005 - Matéria atualizada em 25/01/2005 às 00h00

Brasília – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu intervir pessoalmente nos esforços pela libertação do brasileiro  João José Vasconcellos Jr., seqüestrado no Iraque, na semana passada. A situação, que no início foi tratada com “discrição” pelo governo, motiva agora um apelo público humanitário similar ao de países que tiveram a mesma experiência. Mas o apelo também é político: o Brasil lembrou sua posição contra a Guerra do Iraque. A atuação de Lula se dará na forma de um telefonema a uma “liderança importante da região” nesta terça-feira, mas a identidade do contato não foi revelada. Episódio recorrente A assessoria de imprensa da construtora Norberto Odebrecht informou à reportagem que a família do engenheiro receberá “todos os cuidados necessários”, enquanto durar o suposto seqüestro do engenheiro. Além de membros do Itamaraty e das representações diplomáticas, a Odebrecht deverá contar com serviços de uma empresa especializada para solucionar o caso de Vasconcelos Jr. Esta não é a primeira vez que a construtora enfrenta esse tipo de situação. Em 1977, a Odebrecht negociou com o grupo guerrilheiro ELN (Exército de Libertação Nacional) a libertação de um de seus mestres-de-obras que trabalhava na Colômbia. O funcionário ficou cinco meses em poder do grupo, mas foi libertado com vida.

Mais matérias
desta edição