app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5758
Nacional

Festa religiosa termina em trag�dia na �ndia

Mais de 250 pessoas – a maioria mulheres – morreram pisoteadas ontem ao tentar fugir de um incêndio perto do templo de Mandhardevi Kaluba, na cadeia de montanhas de Mahadev, perto do distrito de Wai (cerca de 250 quilômetros ao sul de Bombaim), de acordo

Por | Edição do dia 26/01/2005 - Matéria atualizada em 26/01/2005 às 00h00

Mais de 250 pessoas – a maioria mulheres – morreram pisoteadas ontem ao tentar fugir de um incêndio perto do templo de Mandhardevi Kaluba, na cadeia de montanhas de Mahadev, perto do distrito de Wai (cerca de 250 quilômetros ao sul de Bombaim), de acordo com o jornal The Times of India. Segundo a polícia, ao menos 200 pessoas ficaram feridas. Informações anteriores dadas por Sharad Jadhav, funcionário mais graduado do distrito onde o acidente ocorreu, davam conta de que 150 pessoas morreram no local. Cerca de 300 mil pessoas participavam de uma festa religiosa na hora do acidente. Segundo o jornal, para piorar a saída dos sobreviventes, um outro incêndio, de maiores proporções, ocorreu fora do templo seguido de explosões em lojas de cilindros ilegais. Ainda não há informações sobre baixas em decorrência desse incêndio, que atingiu 50 lojas. Os feridos estão sendo levados para o hospital de Wai e outros hospitais nas redondezas e equipes de resgate trabalham em busca de sobreviventes. Acidentes desse tipo não são raros em festividades religiosas hindus, que podem atrair milhares de fiéis. As autoridades freqüentemente são incapazes de lidar com a multidão. Em agosto, ao menos 39 hindus foram mortos quando ocorreu um outro acidente desse tipo com peregrinos em Nasik, uma cidade de 175 quilômetros a nordeste de Bombaim. No pior acidente já visto, cerca de 800 peregrinos morreram durante um festival hindu em 1954, na cidade de Allahabad.

Mais matérias
desta edição