app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Nacional

Dirceu discute com relator abertura de documentos

Brasília - O relator da comissão especial da Câmara que  analisa a abertura dos documentos sigilosos do período do  regime militar, deputado Mauro Benevides (PMDB-CE), deve se reunir esta semana com o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, para tratar

Por | Edição do dia 01/02/2005 - Matéria atualizada em 01/02/2005 às 00h00

Brasília - O relator da comissão especial da Câmara que  analisa a abertura dos documentos sigilosos do período do  regime militar, deputado Mauro Benevides (PMDB-CE), deve se reunir esta semana com o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, para tratar da matéria. Segundo Benevides, o Arquivo Nacional não é mais responsabilidade do Ministério da Justiça, mas sim da Casa Civil e por isto será necessário negociar com Dirceu a abertura dos documentos que ali se encontram. Além do encontro com José Dirceu, o relator deve se reunir hoje com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Roberto Busato. O relator também pode se reunir esta semana com o vice-presidente e ministro da Defesa, José Alencar. Medida provisória Benevides informou que está com dificuldades para fechar o seu parecer devido à medida provisória editada pelo governo, no fim do ano passado, que trata do assunto. “A MP não dá a amplitude para a abertura dos documentos que muitos setores querem. Na próxima semana, vou conversar com o líder do governo na Câmara, deputado Professor Luizinho (PT-SP), para ver qual a base de negociação do governo sobre a MP”, revelou. Benevides assumiu no início de janeiro a relatoria da comissão especial em lugar Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP), que deixou o cargo para disputar a presidência da Câmara. Desde que assumiu a relatoria, Benevides já se encontrou com os ministros da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, e da Defesa, José Alencar, para tratar do seu parecer.

Mais matérias
desta edição