app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Nacional

Pol�cia investiga padre acusado de pedofilia e desvio de recursos

Belo Horizonte – O padre Juvenil Paulo de Araújo, de 40 anos, responsável pela Igreja Católica de Nossa Senhora da Aparecida, na região norte de Belo Horizonte, está sendo investigado pela Polícia Civil por denúncias de pedofilia e desvio de recursos da p

Por | Edição do dia 04/05/2002 - Matéria atualizada em 04/05/2002 às 00h00

Belo Horizonte – O padre Juvenil Paulo de Araújo, de 40 anos, responsável pela Igreja Católica de Nossa Senhora da Aparecida, na região norte de Belo Horizonte, está sendo investigado pela Polícia Civil por denúncias de pedofilia e desvio de recursos da paróquia. Segundo o delegado  Hélcio de Sá Bernardes, que cuida do caso, a primeira acusação chegou à polícia por meio de uma carta anônima, há cerca de uma semana. O padre foi afastado ontem de suas funções pela Cúria Metropolitana da capital mineira. “Depois disso, conseguimos localizar e ouvir cinco vítimas de suposto assédio sexual e atos libidinosos que teriam sido praticados pelo padre”, disse o delegado. “Embora sejam adultos agora, todos eram adolescentes na época dos delitos”, acrescentou. De acordo com Bernardes, Juvenil daria presentes “e uma série de outras benesses para os jovens”, todos de boas famílias. “O padre conquistava a confiança deles e os teria levado a locais onde cometeria os abusos, embora sem nunca consumar o chamado ato carnal completo”, explicou. Além das acusações de pedofilia, Juvenil também responde a inquérito sobre o suposto superfaturamento de prestações de contas da paróquia que dirige, no bairro Mantiqueira, em Venda Nova. A polícia obteve relatórios feitos pelo padre, nos primeiros meses de 2001 e deste ano, segundo os quais ele não estaria destinando um único centavo a obras sociais. Em contrapartida, há gastos considerados abusivos com combustível – superiores a R$ 1 mil mensais, apesar do pároco ter apenas um carro –, com financiamentos bancários e com viagens para praias do Espírito Santo, do Rio de Janeiro e do Nordeste.

Mais matérias
desta edição