app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Nacional

Cai n�mero de �bitos infantis

Rio de Janeiro – Os dados da tabulação avançada do Censo do IBGE mostram que, pela primeira vez na história do País, a taxa de mortalidade infantil ficou abaixo de 30 crianças mortas com menos de um ano de idade por mil nascidas vivas. Em 2000, de acordo

Por | Edição do dia 09/05/2002 - Matéria atualizada em 09/05/2002 às 00h00

Rio de Janeiro – Os dados da tabulação avançada do Censo do IBGE mostram que, pela primeira vez na história do País, a taxa de mortalidade infantil ficou abaixo de 30 crianças mortas com menos de um ano de idade por mil nascidas vivas. Em 2000, de acordo com o instituto, a taxa foi de 29,6. O resultado supera as estimativas feitas com base nas Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicílio (Pnads), que indicavam uma taxa de 33 a 34 no fim da década de 90. Com a revisão feita pelo IBGE, o País conseguiu cumprir a meta estabelecida pela ONU na Sessão Especial sobre a Criança, em 1990, de reduzir em um terço a taxa de mortalidade infantil. De 1990 a 2000, a redução ficou em 38,3%, caindo de 48 para 29,6 crianças mortas com menos de um ano de idade para cada mil nascidas vivas. Se for considerado o início da década apenas em 1991, quando a taxa era de 45,3, a redução foi de 34,6%. O pesquisador do IBGE Celso Simões explica que a revisão foi feita porque o Censo é uma pesquisa mais ampla do que as Pnads, que trabalham com uma pequena amostragem dos domicílios. Os dados do Censo ainda são preliminares, mas, de acordo com Simões, não devem apresentar variação significativa quando forem computados definitivamente.

Mais matérias
desta edição