app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Nacional

Comiss�o vai investigar 700 funcion�rios p�blicos

| Folhapress São Paulo A CPI dos Correios está analisando uma nova lista com 700 nomes de funcionários e ex-funcionários de parlamentares que tiveram qualquer contato, por telefone ou movimentações financeiras com pessoas investigadas pela comissão.

Por | Edição do dia 29/12/2005 - Matéria atualizada em 29/12/2005 às 00h00

| Folhapress São Paulo A CPI dos Correios está analisando uma nova lista com 700 nomes de funcionários e ex-funcionários de parlamentares que tiveram qualquer contato, por telefone ou movimentações financeiras com pessoas investigadas pela comissão. O relator da comissão, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), disse que o fato de o nome de alguém estar na lista não significa que tenha envolvimento com algum esquema de corrupção. As informações são da Agência Brasil. “Não se pode dizer que existam indícios e nem envolvidos. O que nós temos até agora são pessoas que tiveram, de alguma forma, contato com os investigados”, disse Serraglio. “Por isso, não se pode dizer ainda que haja ilícitos”, acrescentou o relator. A lista de 700 pessoas surgiu de um cruzamento de bases de dados de parlamentares, funcionários e ex-funcionários do Congresso Nacional nos últimos cinco anos com as pessoas e empresas que tiveram o sigilo bancário, fiscal e telefônico quebrado durante as investigações do esquema do mensalão. Segundo Serraglio, a comissão precisa avançar nas investigações para saber se mais pessoas estão ou não envolvidas no esquema do assim chamado “valerioduto”. Do total de nomes que aparecem na nova lista, 46 fizeram, ao mesmo tempo, de acordo com o cruzamento, contatos telefônicos e movimentações financeiras com os investigados ligados ou não ao empresário Marcos Valério. Esses serão, de imediato, o alvo principal das investigações.

Mais matérias
desta edição