app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Nacional

Ci�ncia e imprensa est�o de luto com morte de Jos� Reis

São Paulo – O cientista e jornalista José Reis morreu ontem de manhã em São Paulo. Ele tinha 94 anos. O enterro será hoje, às 10 h, no Cemitério São Paulo (em Pinheiros, zona oeste de São Paulo). Reis é sem dúvida alguma o brasileiro que mais fez pela div

Por | Edição do dia 17/05/2002 - Matéria atualizada em 17/05/2002 às 00h00

São Paulo – O cientista e jornalista José Reis morreu ontem de manhã em São Paulo. Ele tinha 94 anos. O enterro será hoje, às 10 h, no Cemitério São Paulo (em Pinheiros, zona oeste de São Paulo). Reis é sem dúvida alguma o brasileiro que mais fez pela divulgação da ciência no País. Conseguiu aliar uma importante carreira de pesquisador com reputação internacional ao trabalho de explicar a ciência de modo didático através da imprensa. Escreveu na Folha de S. Paulo desde 1947, quando o jornal se chamava ainda “Folha da Manhã”. Reis conseguiu fazer um trabalho de qualidade em quantidades assombrosas: seus textos de divulgação científica são contados aos milhares. Escrevia uma vez por semana na “Folha”, aos domingos. Tornou-se nome de prêmio ainda em vida. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) concede anualmente o Prêmio José Reis de Divulgação Científica a instituições, jornalistas e cientistas. Ele também ganhou prêmios por seu trabalho de divulgação, como o Kalinga, entregue pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura). Entre outros ganhadores do Kalinga estão o filósofo britânico Bertrand Russell e a antropóloga Margaret Mead.

Mais matérias
desta edição