app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Nacional

Estagi�ria tentou matar esposa de chefe

| Marco de Castro Folhapress São Paulo - Em depoimento prestado ontem na Delegacia Seccional de São Bernardo do Campo (ABC), o chefe de produção da empresa Petrocoque - subsidiária da Petrobras em Cubatão (58 km de SP) - confirmou que fora amante da ex-

Por | Edição do dia 21/01/2006 - Matéria atualizada em 21/01/2006 às 00h00

| Marco de Castro Folhapress São Paulo - Em depoimento prestado ontem na Delegacia Seccional de São Bernardo do Campo (ABC), o chefe de produção da empresa Petrocoque - subsidiária da Petrobras em Cubatão (58 km de SP) - confirmou que fora amante da ex-estagiária Carolina de Paula Farias dos Santos, 22 anos, acusada de ordenar o assassinato de duas funcionárias da empresa com objetivo de conseguir uma vaga para voltar a trabalhar no local, além de ainda tentar seqüestrar e matar a mulher do amante. Uma das funcionárias, Monica Tamer de Almeida, 42, foi morta a tiros em um ponto de ônibus em Santos (85 km de SP), a caminho do trabalho. A outra, R.B., 24, levou um tiro no ombro em São Bernardo. Carolina, que trabalhou na empresa por um curto período, cobrindo licença maternidade de Monica, nega ter ordenado os crimes e diz que apenas pediu a um primo para “dar um susto” em R.. Ela foi presa na última quarta. Ontem, o chefe de produção, que tem 42 anos e é casado há 16, revelou à polícia que teve um caso com Carolina - também casada - de janeiro a agosto de 2005. Ele sempre teria deixado claro para a garota que “era só uma aventura”.

Mais matérias
desta edição