app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5736
Nacional

Dez fuzis s�o roubados de quartel

| FOLHA ONLINE Rio de Janeiro Sete criminosos vestindo roupas camufladas e toucas-ninjas roubaram dez fuzis FAL em um quartel do Exército em São Cristóvão, no Rio, na madrugada de ontem. O grupo rendeu parte dos homens responsáveis pela guarda do quart

Por | Edição do dia 04/03/2006 - Matéria atualizada em 04/03/2006 às 00h00

| FOLHA ONLINE Rio de Janeiro Sete criminosos vestindo roupas camufladas e toucas-ninjas roubaram dez fuzis FAL em um quartel do Exército em São Cristóvão, no Rio, na madrugada de ontem. O grupo rendeu parte dos homens responsáveis pela guarda do quartel onde funciona o Estabelecimento Central de Transportes, enquanto eles descansavam. Os fuzis estavam guardados em um armário, que foi arrombado. Despercebidos Segundo o coronel Fernando Lemos, responsável pela Comunicação Social do Comando Militar do Leste, o Exército não sabe como os criminosos conseguiram entrar no quartel - que é cercado por arame farpado em todo o perímetro - sem serem percebidos nos postos de guarda. “Só é possível entrar pelo portões”, afirma Lemos. Um Inquérito Policial Militar deve investigar o roubo do armamento e a possibilidade de membros ou ex-membros dos quadros do Exército terem participado da ação. “Quem executou o roubo conhecia muito bem o quartel”, diz o coronel. Tentativa frustrada Exército promoveu no final da tarde de ontem uma operação no complexo do Alemão (zona norte do Rio) para tentar localizar os dez fuzis FAL. Nada havia sido encontrado, até às 20h. ReveZamento Segundo o Exército, cada posto de guarda do quartel tem três homens, que se revezam em turnos de duas horas de vigilância por quatro de descanso. Durante a ação dos criminosos, dez homens descansavam. A ação surpreendeu os homens do Exército porque eles foram rendidos já dentro do quartel.

Mais matérias
desta edição