app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Nacional

Jos� Wilker diz ter vergonha pela CPI

| FOLHAPRESS São Paulo O ator José Wilker, que grava em Brasília os capítulos finais da minissérie JK, disse que a absolvição dos deputados Roberto Brant (PFL-MG) e Professor Luizinho (PT-SP) lhe causaram “um misto de vergonha e pena”. “O Brasil não t

Por | Edição do dia 12/03/2006 - Matéria atualizada em 12/03/2006 às 00h00

| FOLHAPRESS São Paulo O ator José Wilker, que grava em Brasília os capítulos finais da minissérie JK, disse que a absolvição dos deputados Roberto Brant (PFL-MG) e Professor Luizinho (PT-SP) lhe causaram “um misto de vergonha e pena”. “O Brasil não tem um projeto político claro”, comentou Wilker, que interpreta Juscelino Kubitschek. “Ou melhor, talvez exista um, mas não é bom”. Apesar das críticas, o ator, que fez campanha para Lula nas eleições passadas, disse que vai repetir seu voto no PT. MInissérie Nas próximas semanas, 1.300 figurantes e mais de 50 atores gravam os capítulos finais da minissérie. O clima do elenco, que encena um período importante da história do País, foi assim definido pelo ator Tito Lessa, que interpreta Israel Pinheiro. “Eu me sinto constrangido de saber no que o Brasil se transformou”. John Vaz, que faz o papel de João Goulart, chamou a absolvição de Luizinho de “grande armação”. “Dói ver destruída a biografia que o Lula construiu”.

Mais matérias
desta edição