app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Nacional

CPI suspeita de golpes na Mega Sena

| FELIPE RECONDO Folha Online Brasília - Os prêmios milionários da Mega Sena passarão por uma análise da CPI dos Bingos. O relator da CPI dos Bingos, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), está desconfiado que os prêmios da loteria são usados para lavagem de

Por | Edição do dia 31/03/2006 - Matéria atualizada em 31/03/2006 às 00h00

| FELIPE RECONDO Folha Online Brasília - Os prêmios milionários da Mega Sena passarão por uma análise da CPI dos Bingos. O relator da CPI dos Bingos, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), está desconfiado que os prêmios da loteria são usados para lavagem de dinheiro. O Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), vinculado ao Ministério da Fazenda, já investiga os prêmios da quadra e da quina da Mega Sena. Há casos, de acordo com a CPI, de jogadores que ganharam dezenas de vezes, o que indicaria a lavagem de dinheiro por intermédio dos concursos e fraude nos sorteios. Um desses ganhadores já foi ouvido pela Polícia Federal. É Egton Pajaro, sócio de Carlinhos Cachoeira, investigado pela CPI por conta da renovação do contrato entre a Gtech e a Caixa. Pajaro ganhou mais de 30 vezes na loteria, de acordo com investigadores. O irmão de Pajaro ganhou outras dezenas de vezes. Juntos, os dois foram premiados em mais de 100 concursos, segundo a CPI dos Bingos. Os prêmios da quina e da quadra são pequenos em relação ao prêmio principal. Por isso, a comissão quer investigar todos os prêmios pagos desde 1997 que superam o valor de R$ 5 milhões ou que tenham sido partilhados por quatro ou mais apostadores. Esse caminho, segundo o relator, seria muito mais fácil para lavar dinheiro. “Eu não posso dizer que é fraude. Posso dizer por enquanto que é coincidência”, afirmou. “Eu queria que todos nós fôssemos sortudos, mas infelizmente não é assim”, completou Garibaldi Alves.

Mais matérias
desta edição