app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Nacional

Nova CPI sobre Lula n�o deve sair

| EPAMINONDAS NETO Folha Online Brasília, DF - O presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, Ricardo Izar (PTB-SP), disse ontem que vê dificuldades na realização de uma nova CPI para investigar as relações entre o presidente do Sebrae, Paul

Por | Edição do dia 22/04/2006 - Matéria atualizada em 22/04/2006 às 00h00

| EPAMINONDAS NETO Folha Online Brasília, DF - O presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, Ricardo Izar (PTB-SP), disse ontem que vê dificuldades na realização de uma nova CPI para investigar as relações entre o presidente do Sebrae, Paulo Okamotto, e a família do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, já apelidada de “CPI do Armagedon” (local em que, segundo os cristãos, começará o fim do mundo). “Eu acho muito difícil. Nós vamos trabalhar até junho. Temos mais dois meses, e algumas CPIs nem terminaram. A [própria] CPI dos Bingos está cada vez mais fraca”, disse ele, que participa do 5º Fórum Empresarial, na Bahia. “Nós vamos ter no segundo semestre, a partir do mês de junho, um recesso branco [com apenas duas ou três votações por semana]”, acrescentou o presidente do Conselho. Voto Secreto O deputado também admitiu dificuldades para aprovar a emenda constitucional que prevê a extinção do voto secreto nas votações da Câmara e do Senado. Na quarta-feira passada, uma frente de parlamentares pressionou o presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PC do B-SP), a colocar em pauta a proposta ainda neste mês. ### Renan decide CPI do Lula na terça-feira | Eugênia Lopes Estadão Online Brasília, DF - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), decide na próxima terça-feira, dia 25, o destino da CPI do Lula. O requerimento com 34 assinaturas de senadores para criar a nova CPI foi apresentado na quarta-feira passada pelo senador Almeida Lima (PMDB-SE). O pedido prevê a investigação de cinco fatos específicos que envolvem a família do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e suas relações com o presidente do Sebrae, Paulo Okamotto, e por isso há dúvidas sobre a validade do requerimento. Renan vai resolver se o requerimento precisa ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. O presidente do Senado poderá, no entanto, decidir ele próprio sobre a validade do requerimento. O mais provável é que Renan deixe a CCJ se pronunciar sobre o pedido para instalar a CPI. ### Busato critica CPI contra o presidente | Eduardo Kattah Estadão Online A proposta de criação da chamada “CPI do Lula” foi criticada ontem pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Roberto Busato, que atribuiu a apresentação do requerimento com 34 assinaturas no Senado ao “calendário eleitoral” e ao “jogo político-partidário”, que “não tem limites éticos”. “Abrir uma CPI nesse momento eu acredito que não vai trazer resultados positivos, a não ser aumentar o clima político eleitoral”, disse o presidente da OAB, que participou, em Diamantina (MG), da solenidade do Dia de Tiradentes, onde foi agraciado com Grande Medalha da Inconfidência. ///

Mais matérias
desta edição