app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Nacional

Tiro saiu do rev�lver 38 do coronel

| Rita Magalhães Agência Estado São Paulo, SP - Agora é oficial. O Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Técnico-Científica comprovou que o coronel da reserva e deputado estadual Ubiratan Guimarães foi assassinado com sua própria arma: um revólver

Por | Edição do dia 06/10/2006 - Matéria atualizada em 06/10/2006 às 00h00

| Rita Magalhães Agência Estado São Paulo, SP - Agora é oficial. O Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Técnico-Científica comprovou que o coronel da reserva e deputado estadual Ubiratan Guimarães foi assassinado com sua própria arma: um revólver calibre 38, que desapareceu de seu apartamento, nos Jardins, zona sul de São Paulo. O exame de confronto balístico constatou que o projétil apreendido no sofá da vítima tinha impressões de raia idênticas a dos fragmentos recolhidos num sítio em Espírito Santo do Pinhal, onde Ubiratan costumava praticar tiro ao alvo. ///

Mais matérias
desta edição