app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Nacional

Clones humanos no Leste Europeu

| Brás Henrique Agência Estado Ribeirão Preto, SP - O polêmico ginecologista italiano Severino Antinori disse em Ribeirão Preto que não está mais trabalhando com clonagem humana, após ser severamente criticado pela comunidade científica e até por religi

Por | Edição do dia 19/11/2006 - Matéria atualizada em 19/11/2006 às 00h00

| Brás Henrique Agência Estado Ribeirão Preto, SP - O polêmico ginecologista italiano Severino Antinori disse em Ribeirão Preto que não está mais trabalhando com clonagem humana, após ser severamente criticado pela comunidade científica e até por religiosos. Porém, afirmou que atualmente existem três clones humanos, crianças entre três e cinco anos, que vivem no leste europeu (mas não revela os nomes dos países). Seria uma criança do sexo masculino e duas do feminino. “Vivem muito bem”, afirmou Antinori, sempre agitado e tentando não se aprofundar no assunto, que sempre lhe rendem críticas. O médico disse que seu grupo de pesquisadores buscou a clonagem humana em cerca de cem casos, sendo que três deram certo e dez mulheres abortaram. ///

Mais matérias
desta edição