app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Nacional

Calmaria do MST acaba no 2� mandato

| Lisandra Paraguassú Agência Estado Brasília, DF – A calmaria pode ter acabado. Depois de um primeiro mandato quase sem problemas com os movimentos sociais, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá enfrentar mais cobranças e manifestações nos próx

Por | Edição do dia 07/01/2007 - Matéria atualizada em 07/01/2007 às 00h00

| Lisandra Paraguassú Agência Estado Brasília, DF – A calmaria pode ter acabado. Depois de um primeiro mandato quase sem problemas com os movimentos sociais, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá enfrentar mais cobranças e manifestações nos próximos quatro anos. A promessa é dos próprios movimentos: não vai haver trégua a partir deste mês. Apesar de garantirem que sempre mantiveram a independência, representantes dos movimentos sociais são os primeiros a reconhecer que foram mais brandos com o primeiro governo de Lula do que nos períodos anteriores. Num primeiro momento, foi a euforia de ver, finalmente, um partido de esquerda no poder no Brasil. A desculpa usada pelo próprio presidente Lula, de que havia recebido uma “herança maldita” do governo Fernando Henrique Cardoso, colou. ///

Mais matérias
desta edição