app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Nacional

C�mara restringe benef�cio a hediondos

| Luciana Nunes Leal Eugênia Lopes Agência Estado Brasília, DF – Uma semana depois da morte do menino João Hélio, que chocou e comoveu o País, a Câmara dos Deputados aprovou ontem um projeto de lei que restringe o benefício da liberdade provisória pa

Por | Edição do dia 15/02/2007 - Matéria atualizada em 15/02/2007 às 00h00

| Luciana Nunes Leal Eugênia Lopes Agência Estado Brasília, DF – Uma semana depois da morte do menino João Hélio, que chocou e comoveu o País, a Câmara dos Deputados aprovou ontem um projeto de lei que restringe o benefício da liberdade provisória para os presos condenados por crimes hediondos. Em vez de ter direito ao regime semi-aberto depois de cumprir 1/6 (16,6%) de pena, como acontece hoje, o preso terá que cumprir 2/5 (40%) da pena antes de reivindicar o benefício. ///

Mais matérias
desta edição