app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Opinião

No ruidoso mundo paira o silencioso vento de Deus

Vivemos em um mundo barulhento, caótico e com muitos ruídos. O trânsito nas grandes cidades mostra que o turbulento mundo afeta as pessoas. Onde encontrar o silêncio? O que nos traz o silêncio em meio ao caos do barulho? Quem de nós após um dia agitado nã

Por | Edição do dia 28/05/2015 - Matéria atualizada em 28/05/2015 às 00h00

Vivemos em um mundo barulhento, caótico e com muitos ruídos. O trânsito nas grandes cidades mostra que o turbulento mundo afeta as pessoas. Onde encontrar o silêncio? O que nos traz o silêncio em meio ao caos do barulho? Quem de nós após um dia agitado não gosta de um silêncio? Todos. Quando entro em um hospital, uma das primeiras solicitações que vejo é a palavra silêncio, e do lado de fora são contínuos os ruídos e barulhos. Nas salas de aulas os professores pedem silêncio, difícil é encontrá-lo, pois, muitos dos alunos, principalmente no conhecido ‘fundão’, não param de falar. O que estão a falar, será que traz consolo e edificação para sua vida e a do seu próximo, ou apenas barulho e ruídos, por causa de suas inquietações? Também é comum dizermos que “depois da tempestade vem a bonança”, ou seja, o silêncio! Sim, depois da dolorosa tempestade dessa vida, que cada um de nós tem a enfrentar, certamente teremos em Cristo o viver no silêncio de Deus, que nos dá paz, consolo e segurança. E, lembremos que toda e qualquer tempestade, quando manifestada pela natureza, vem acompanhada por um forte vento que arrasa por onde passa e, após, vem um total silêncio. A escritura nos revela que no início dos tempos um vento mudou as águas. O rú·ahh de Deus, o Espírito que dá vida mudou o caos do tempo e espaço quando Deus falou. Com uma palavra, levada pelo vento do Espírito, Deus deu luz e vida a partir do caos e escuridão, banindo o vazio. Deus fala no silêncio e imediatamente quebra o barulho caótico. Assim é o Espírito de Deus, agindo através da palavra. Invade o nosso mundo moderno e barulhento com o vento do silêncio. Deus exalou o seu rú·ahh para o ADAM, o homem de barro, e a partir desta Palavra e do vento e da respiração de Deus, veio vida para a primeira criatura humana. O Vento de Deus levantou o mar em duas grandes partes e permitiu que o seu povo deixasse o angustiante e barulhento Egito, e em segurança atravessasse o mar vermelho. Quando Elias se escondeu em uma caverna, o vento de Deus precedeu a sua voz, que vem através do som de puro silêncio. Jesus falou e o vento e as ondas obedeceram, isto é, silenciaram. Os discípulos de Jesus estavam em Jerusalém, reunidos em um só lugar, e em meio à agitação, inquietações e o barulho da conhecida festa da colheita, lá estavam eles também, reunidos à procura do silêncio. Mas não qualquer silêncio. Contudo, o silêncio transmitido por um “vento impetuoso”, a manifestação do Espírito Santo.

Mais matérias
desta edição