app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Opinião

Beber e dirigir � uma irresponsabilidade!

Não posso entender porque a reação negativa das pessoas que dirigem à lei seca determinada pela justiça, pois todos os dias os órgãos de comunicação estão mostrando acidentes fatais ocasionados por pessoas alcoolizadas. É questão de uma teimosia ignorante

Por | Edição do dia 26/08/2015 - Matéria atualizada em 26/08/2015 às 00h00

Não posso entender porque a reação negativa das pessoas que dirigem à lei seca determinada pela justiça, pois todos os dias os órgãos de comunicação estão mostrando acidentes fatais ocasionados por pessoas alcoolizadas. É questão de uma teimosia ignorante, ou o desejo de se mostrar acima da verdade, ou o medo de ser julgado um fraco ou não querer se privar da bebida, mesmo diante da realidade. De toda maneira o fato em questão é uma total demonstração de irresponsabilidade. Ninguém desconhece os efeitos devastadores do álcool no organismo, como deixam o usuário sem os reflexos necessários para bem conduzir um veículo. Pode transformar o ato num crime ou num suicídio, à toa, por pura insensatez. Todo bêbado se torna estouvado e gosta de afirmar que não está transtornado pela bebida, e se torna teimoso. È difícil convencê-lo a não cometer os erros que estão propensos a praticar. Principalmente se nenhum amigo ou parente aparecer para demovê-lo da inconsequência que irá cometer. Será necessária a presença da polícia para obrigá-lo a trilhar pelo bom caminho. E esse item está em falência. Geralmente por perto dos bares não existem policiais e a lei não será cumprida, e os desastres continuarão a acontecer, e as pessoas a morrer, como se a vida fosse uma brincadeira! O pior é que, na maioria das vezes, são os inocentes que se acabam. Nos Estados Unidos e na Europa o policiamento é duro nesse sentido. Os guardas estão sempre atentos e armados de bafômetro e algemas, prontos a usá-los quando for preciso. E as multas são altas e imperdoáveis. Afinal eles estão, apenas, zelando pelo bem-estar da população! No nosso país, como todas as outras leis, essa, também, é negligenciada. O transgressor deve ser forçado aos exames comprovantes de praxe. No começo havia um cuidado razoável em torno desse delito, mas atualmente entrou no rol do descaso das forças de segurança do país. Não devemos admitir que os membros de nossas famílias cometam essa idiotice: morrer ou matar porque não podem privar-se de dirigir tendo tomado alguma bebida. Tenho visto em reportagens da TV o ar debochado de grupos de jovens em bares, com a feição de quem não está nem aí com as consequências daquelas cervejinhas que estão sorvendo, pretendendo voltar para casa conduzindo suas viaturas! Os pobres dos Anjos da Guarda deles e os de quem se encontrar pelo seu caminho têm que estar muito atentos coitados! Aja atenção nessa hora!

Mais matérias
desta edição