app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Opinião

As tarjas da vida – branca ou preta

Esta semana assistir a um documentário com o título Tarja Branca, que mostra a importância de brincar quando ainda somos crianças. Muitos dos entrevistados relataram brincadeiras que fizeram parte de sua infância e que tornaram-se base para a criatividade

Por | Edição do dia 03/09/2015 - Matéria atualizada em 03/09/2015 às 00h00

Esta semana assistir a um documentário com o título Tarja Branca, que mostra a importância de brincar quando ainda somos crianças. Muitos dos entrevistados relataram brincadeiras que fizeram parte de sua infância e que tornaram-se base para a criatividade e desenvolvimento para vida adulta. As brincadeiras promoviam relacionamento e convívio social, indispensável à vida humana e para a sua aprendizagem. Dentre elas podemos destacar: Jogar peão, futebol, pular corda, tomar banho de rio, subir e fazer balanço em árvores, pega-pega, esconde-esconde, e outras. As quais levavam à imaginação, desenvolvimento e criatividade na aprendizagem humana. Essas brincadeiras na infância são remédios eficazes para a vida adulta que podem ser classificadas de Tarja Branca, pois não há contra-indicações. Infelizmente, muitas dessas brincadeiras foram absolvidas pelo progresso em nosso mundo pós-moderno, que cada vez toma o espaço das brincadeiras de crianças, transformando as Tarjas Brancas em Tarjas Pretas. Essa realidade é vista nos dias de hoje, quando vemos o grande e vasto número de consumo de remédios na vida adulta, conhecidos como Tarja Preta, repletos de contra-indicações. As brincadeiras atualmente, nos levam a um ambiente mais virtual do que natural. Crianças, que talvez por perderem ou não viverem na realidade, mas na virtualidade, o que futaremente estarão usando em sua vida? Tarja Branca ou Tarja Preta? Nossa realidade mostra o disparado índice de uso de Tarja Preta não só nos adultos, mas também em muitos infantes. A Escritura nos mostra a importância da criança para o reino de Deus. Ensinar o caminho que ele deve andar, baseado em valores cristão, fará com que esses valores evitem as Tarjas Pretas Espirituais. Podemos dizer que o uso constante da Palavra de Deus, desde criança, é como Tarja Branca na vida adulta. Daí a importância da orientação de Salomão: “Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele” (Pv22.6). O Evangelista Mateus valoriza a importância de criança. Quando em certa ocacião... “...chegaram-se a Jesus os discípulos e perguntaram: Quem é o maior no reino dos céus? Jesus, chamando uma criança, colocou-a no meio deles, e disse: Em verdade vos digo que se não vos converterdes e não vos fizerdes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, quem se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus. E qualquer que receber em meu nome uma criança tal como esta, a mim me recebe”(Mt 18.1-5). A Palavra de Deus prioriza a importância de sermos e vivermos como criança, se perdermos esse foco durante a nossa infância o que será de nós em nossa idade adulta? As Tarjas da sua vida são Brancas ou Pretas? Caro amigo, assim como as brincadeiras na infância são Tarjas Brancas para vida adulta; assim também é os valores cristão para a vida espiritual. O uso constante da Palavra de Deus podem transformar, Tarjas Pretas em Tarjas Brancas. E não esqueça... “...Em verdade vos digo que se não vos converterdes e não vos fizerdes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, quem se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus...”.

Mais matérias
desta edição