Nº 0
Opinião

Animais não transmitem Covid-19

É fundamental esclarecer a população, que os animais de qualquer espécime, sobretudo os domésticos e de rua, não são transmissores do coronavírus, responsável pela pandemia que está afetando todos os continentes. O termo corona, significa coroa em espanho

Por Paulo memória. jornalista e cineasta | Edição do dia 26/03/2020 - Matéria atualizada em 25/03/2020 às 22h06

É fundamental esclarecer a população, que os animais de qualquer espécime, sobretudo os domésticos e de rua, não são transmissores do coronavírus, responsável pela pandemia que está afetando todos os continentes. O termo corona, significa coroa em espanhol. O vírus Covid-19, tem esta denominação apenas por ter um formato de coroa. O coronavírus é um vírus antigo, existe pelo menos uma dezena de tipos já identificados e catalogados pelos cientistas, que no caso dos humanos afetam o aparelho respiratório.

É provável que já tenhamos sido contaminados por uma das subespécies do coronavírus em forma de gripe. No caso dos animais, o coronavírus que os atinge, é o CCoV, que também tem forma de coroa e afeta o sistema gastrointestinal dos nossos gatos e cachorros. Não existe, portanto, a menor possibilidade deles infectarem os seres humanos. Nós fazemos parte daquilo que os infectologistas chamam de cepa, ou seja, de grupos genéticos e biológicos completamente diferentes dos bichos, que pertencem a outra cepa. Uma vez que já sabemos que somos de cepas (estirpes) completamente distintas, não podemos contagiar os animais e muito menos sermos contagiados por eles. O coronavírus desta pandemia é o SARS-Cov-2/Covid-19 (SARS - Síndrome Respiratória Aguda Grave), que vem causando óbitos humanos, sem um único caso comprovado de morte de um animal pelo Covid-19, confirmando a presente teoria. Alguns vídeos estão sendo postados nas redes sociais, onde muitas fake news são compartilhadas de boa e má fé, sem nenhum fundamento científico. Um exemplo desses vídeos, é o de um cidadão mostrando cartões de vacinações do seu cão contra o coronavírus. Mentira, o covid-19, repito, só é transmitido entre os humanos, sem a menor possibilidade do contágio deste vírus ser transmitido por espécimes diferentes da nossa raça. Se alguém lhe afirmar isso, esclareça-lhe que ela está inteiramente desinformada, contribuindo assim para evitar um massacre desatinado dos nossos pets, vítimas constantes de envenenamentos e violências gratuitas. Já se tem notícias de animais de pequeno porte sendo assassinados pela suposição de serem hospedeiros deste vírus que está mudando a face da humanidade. Protejam os nossos animais, respeitem todas as formas de vida. A única maneira de não sermos contaminados por este flagelo do século XXI, é fazendo a quarentena e o isolamento social recomendados pelos órgãos internacionais de saúde. Deixem os animais fora disso. Que São Francisco de Assis os proteja de um extermínio insano, fruto, sobretudo, da ilimitada ignorância humana! Albert Einstein afirmava que “duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana, mas, em relação ao universo, ainda não tenho certeza absoluta “. A culpa do covid-19 é totalmente nossa e não dos seres que chamamos arrogantemente de irracionais. Será? Um bom filme para assistir, “em casa”, e que confirma o que digo é o sci-fi “Os 12 Macacos”, de 1995, dirigido por Terry Gillian, com Brad Pitt e Bruce Willys como atores principais, que retratam a pandemia de um vírus que valida a frase de Einstein que citei anteriormente. Será que a ficção está mesmo assim tão longe da realidade?

Mais matérias
desta edição