app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Opinião

EXISTIR É BELO .

.

Por Alberto Rostand Lanverly - presidente da Academia Alagoana de Letras | Edição do dia 27/12/2022 - Matéria atualizada em 27/12/2022 às 04h00

Dezembro chegou encantando o mundo com muita luz, fertilizando a família através de sementes de alegria, oferecendo possibilidades para que a árvore de nossas origens sejam enfeitadas com guirlandas de gratidão, para assim sentirmos o coração ornamentado com belos laços de cetim, capazes de decorar olhares com luzes brilhantes, formalizando alegria em nossos semblantes como forma de acalentar semelhantes.

Em um mundo recheado por incertezas, vivemos o momento de inundarmos o peito com gratidão, tornando o que temos em suficiente, e mais, modificando negação em aceitação, caos em ordem, confusão em claridade, oferecendo condições para que possamos transformar cada refeição em banquete, uma casa em nosso lar e até o estranho em amigo. E lá se foi dois mil e vinte dois, período que devemos celebrar por ainda estarmos a respirar, após tantas dificuldades passadas em período recente, portanto é dever de todos sentirmos em júbilo, externando grande sensação de felicidade e enorme contentamento, um tipo de euforia que não cabe no peito, pois escorre pelo rosto em cascata de lágrimas ou é estampado por um gigantesco sorriso, pois conseguimos sobreviver. Nessa época de reflexão, teremos mais facilidade de chegar à simples conclusão de que a vida é tão maravilhosa, porque também é feita de satisfação, feridas cicatrizadas, amigos celebrando ou chorando junto, pessoas simples, mas tão importantes para o cotidiano, ou seja o existir é conviver com uma miscelânea de indivíduos que direcionam todo potencial criativo que possuem, para melhorar a qualidade existencial de seres humanos muitas vezes nem mesmo por eles conhecidos.

É hora de meditar, aceitando como as coisas simples que envolvem a todos, emprestam um estado de extrema alegria, bastando para tal, singelo gesto transformado em noticia agradável, uma meta comum alcançada após conquistar a confiança de alguém, dando condições de entender que as grandes e acalentadas vitórias levam ao êxtase, porém as inesperadas oferecem júbilo.

O existir é belo, e mesmo com contratempos sempre será, porque o simples fato de estarmos vivos nos dá oportunidade de mudarmos tudo aquilo que não gostamos e investirmos na certeza de sermos eternamente responsáveis por todos que nos cativam. É tempo de descobrir que o usufruto da felicidade se conquista a cada dia, colocando amor e dedicação em tudo o que fazemos, sabendo dar valor às pequenas ofertas a nós apresentadas, abrindo os olhos para detalhes em nosso entorno, frente aos quais nos vemos surpreendidos o suficiente para entender serem os mesmos valiosos. Trazendo o desejo da realização e materialização de sonhos como foco prioritário, dois mil e vinte e três, será recebido com tamanha alegria que cada amanhecer terá a marca do otimismo, responsável por grande quantidade de novas conquistas. O sucesso deverá ser o destino final dessa trilha, enquanto os obstáculos costumeiramente surgidos, serão argamassa para solidificar ainda mais, tudo de bom a ser construído. Um beijo no coração de cada um... Próspero Ano Novo.

Mais matérias
desta edição