app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Opinião

Mensagem de gratid�o

| Dom José Carlos Melo, CM* Inicialmente, quero parabenizar a Gazeta de Alagoas pelos seus 72 anos de fecunda atividade a serviço da comunidade alagoana. Aproveito também a oportunidade para agradecer por todo o empenho e colaboração manifestados à arqui

Por | Edição do dia 26/03/2006 - Matéria atualizada em 26/03/2006 às 00h00

| Dom José Carlos Melo, CM* Inicialmente, quero parabenizar a Gazeta de Alagoas pelos seus 72 anos de fecunda atividade a serviço da comunidade alagoana. Aproveito também a oportunidade para agradecer por todo o empenho e colaboração manifestados à arquidiocese de Maceió. Os meios de comunicação de massa tornaram hoje o nosso planeta menor, aproximando rapidamente homens e culturas profundamente diversos. Estamos, como afirmou João Paulo II, numa sociedade da informação, verdadeira revolução cultural, que faz dos meios de comunicação o “primeiro areópago da idade moderna”, no qual fatos, idéias e valores estão constantemente a mudar. Somos conscientes de que, por intermédio da mídia, as pessoas constroem sua compreensão do significado da vida, tanto assim que, “para muitos, a experiência da vida é em grande parte uma experiência dos meios de comunicação”. O saudoso papa das comunicações nos pede para que “a proclamação de Cristo constitua uma parte dessa experiência”. Nossa arquidiocese de Maceió agradece ao dr. Fernando Collor de Mello o espaço que ocupamos na Gazeta de Alagoas, quando esse comunicador diário celebra seus 72 anos de jornalismo. Reconhecemos o prestígio demonstrado a nossa coluna católica, num jornal que foi elogiado pela sociedade alagoana como um veículo de comunicação transmissor de informações verdadeiras, gerando credibilidade e confiança para seus leitores. Na Gazeta, com 72 anos na vanguarda do jornalismo do Nordeste, onde brilharam na redação estrelas como Jorge de Lima, Graciliano Ramos, Aurélio Buarque de Holanda e outros que, atualmente, continuam sendo operários da palavra de grande valor, a arquidiocese de Maceió também escreve, evangeliza, informa e publica seus eventos. Isso é fruto do seu espírito cristão e da nossa amizade. Os meios de comunicação têm contribuído muito para o processo evangelizador em nosso Brasil e, aqui em Maceió, temos os sinais da Rede Vida e Canção Nova. Sabemos da importância e, ao mesmo tempo, da responsabilidade que assumimos como Igreja, na transformação de uma sociedade justa e genuína, no que se refere a moral e aos bons costumes. Gratos, almejamos maiores vitórias da Gazeta, quando a OAM está investindo em novo parque gráfico. Reconhecidos, pedimos as bênçãos de Deus para os trabalhos da presidência da OAM na direção e liderança dos meios de comunicação. (*) É arcebispo metropolitano de Maceió.

Mais matérias
desta edição