app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5691
Opinião

As diversas maneiras

| Dom Fernando Iório * São diversas as maneiras de alguém encontrar Jesus Cristo, de chegar a Deus. Pitigrilli declarou no seu livro “Pitigrilli parla de Pitigrilli”: “Pelos caminhos do demônio, eu encontrei Deus”. François Coppée no livro “...Bonne So

Por | Edição do dia 10/10/2006 - Matéria atualizada em 10/10/2006 às 00h00

| Dom Fernando Iório * São diversas as maneiras de alguém encontrar Jesus Cristo, de chegar a Deus. Pitigrilli declarou no seu livro “Pitigrilli parla de Pitigrilli”: “Pelos caminhos do demônio, eu encontrei Deus”. François Coppée no livro “...Bonne Souffrance”, afirma que, pelos caminhos da dor, encontrou Jesus Cristo. A Sagrada Escritura revela diversos momentos de encontros com Jesus. Entre tantos eventos que marcam o encontro com Jesus, distinguimos a figura do Precursor de Jesus: São João Batista. Ele surge, declarando: “Eu sou a voz do que clama no deserto - preparai os caminhos do Senhor”. Ele apareceu, revelado pela Bíblia, para conduzir-nos a Jesus: “Já está no meio de vós aquele que não conheceis. Eu não sou digno sequer de desatar as correias de suas sandálias”. Encontrava-se ele, entre seus discípulos, e, ao ver Jesus que se aproximava, exclamou: “Este é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. Mostra a Sagrada Escritura que João veio para levar muitos a Cristo. Eu mesmo posso asseverar: Com João a Cristo, a Jesus. Não posso compreender, como alguém que lê a Bíblia possa declarar, em uma coluna religiosa, em um título de artigo: “Sem João a Cristo”. É, de todo, evidente que João veio ao mundo para apontar Jesus, como seu legítimo Precursor. Não fora o fanatismo religioso contra a santidade católica, nunca dos nuncas poderíamos explicar a assertiva de quem é leitor da Bíblia, mas não um estudioso da Sagrada Escritura, ao afirmar: Sem João a Cristo. João está, de todo, no caminho de Cristo. Donde nossa afirmação: Com João a Cristo. É ele, João, o grande precursor de Jesus. Envia ao Mestre alguns de seus discípulos para que descobrissem a identidade de Jesus: Quem era Ele. Jesus não responde, diretamente, entretanto apresenta sinais: - paralíticos andam, surdos ouvem, mortos ressuscitam e o Evangelho é pregado aos pobres. Nesses sinais reconhecerá João a Messianidade do Filho de Maria - Jesus de Nazaré. É pois estranho haja alguém que, ao folhear, ao estudar a Sagrada Escritura, conclua não possa João Batista preparar os caminhos do Senhor. Ignorância? Não sei. Erro de um estudo de hermenêutica? Duvido muito. Talvez estejamos diante de uma parcialidade fanática. Coisa lamentável, no novo século que vivemos.O resto só pode ser resto. (*) É bispo de Palmeira dos Índios.

Mais matérias
desta edição