app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Opinião

M�s do Ros�rio

| Dom José Carlos Melo, CM * A Igreja dedica este mês, não somente às Missões, mas, de um modo todo especial a Nossa Senhora com o título Mãe do Rosário. Esta tradição é oriunda da Idade Média, quando, por costume, os vassalos ofereciam aos seus soberan

Por | Edição do dia 22/10/2006 - Matéria atualizada em 22/10/2006 às 00h00

| Dom José Carlos Melo, CM * A Igreja dedica este mês, não somente às Missões, mas, de um modo todo especial a Nossa Senhora com o título Mãe do Rosário. Esta tradição é oriunda da Idade Média, quando, por costume, os vassalos ofereciam aos seus soberanos coroas de flores em sinal de submissão. Os cristãos passaram a adotar este uso em honra de Maria, oferecendo-lhe a tríplice Coroa de Rosas que lembra sua alegria, suas dores e sua glória pelo fato de participar nos mistérios da vida de Jesus, seu Filho. Logo quando surgiu, esta manifestação Mariana recebeu o nome de Santa Maria da Vitória, por celebrar a libertação dos cristãos dos ataques dos turcos, na vitória naval de 7 de outubro de 1571 em Lepanto, na Grécia. Mas visto como nesse dia as Confrarias do Rosário celebravam uma solene procissão, o papa São Pio V atribuiu a vitória a Maria Auxílio dos Cristãos e em 1572 fez celebrar nesse dia a referida festa. Depois da vitória, como a de Viena em 1683 e de Paterwaradino em 1716, o papa Clemente XI instituiu a Festa do Rosário no primeiro domingo de outubro e o papa Gregório XIII reconheceu no Rosário a arma da vitória. Desde o século 19 todo mês de outubro é dedicado pela Igreja Católica a esta piedosa oração. No Brasil, a devoção ao Santo Rosário foi trazida pelos missionários e logo se espalhou; principalmente entre os negros escravos que nele encontravam as orações mais simples e populares: o Pai-Nosso e a Ave-Maria. Eles usavam o Rosário pendurado ao pescoço e depois dos trabalhos do dia reuniam-se em torno de um “tirador de reza” e ouvia-se então, no interior das senzalas, o sussurrar das preces dos cativos. O terço era toda a liturgia dos pobres, dos simples e pequenos, dos que não sabiam ler nem escrever, mas que elevavam sua alma na contemplação dos mistérios da vida de Maria e de seu Divino Filho. A invocação de Nossa Senhora do Rosário é muito divulgada no Brasil, pois existem 222 paróquias a ela dedicadas. Ela se projetou também na arquitetura e decoração com obras-primas, enquanto outras constituem apenas modestas ermidas brancas de paredes caiadas, sobressaindo ao lado do cruzeiro do arraial. Todas porém são muito queridas da população que dança em seus adros os bailados em homenagem à Padroeira dos homens pretos. Maria é sinal de salvação para aqueles que a amam e imitam. Pois todo amor, toda devoção, todo respeito a Maria significam amor, devoção e respeito ao Filho, Jesus. (*) É arcebispo metropolitano de Maceió.

Mais matérias
desta edição