app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5647
Opinião

MOMENTO ANUAL DE ENCONTRO DE CONTAS

.

Por Alberto Rostand Lanverly - presidente da Academia Alagoana de Letras | Edição do dia 27/12/2023 - Matéria atualizada em 27/12/2023 às 04h00

Por incrível que pareça tudo passou de repente. Parece que foi ontem que vivenciava as doçuras das férias de janeiro, e hoje o Natal já passou, e assim o momento da realização do balanço de mais um ano de vida.

Nesta simbólica autoanalise, é que os fatos que escreveram a história de um passado recente, são relembrados. É ao término deste imaginário conclave que se chega a conclusão, de que uma das causas que fomentam a tristeza do mundo, é o fato de que o homem, em determinadas oportunidades, tenta lidar com seus semelhantes, como se estes fossem simplesmente coisas.

Neste momento anual de encontro de contas, os que possuem a capacidade de pensar, têm a oportunidade de assimilar que a manipulação de seus iguais, vem contribuindo para que se fortaleça no Brasil, uma geração, não somente de perdidos, mas também de desiludidos, que andam sem saber onde estão, falam sem entender o que dizem, ouvem sem identificar o escutado, que votam sem compreender o fazem, e o que é pior, pessoas que tem em migalhas oferecidas pelo governo, a estrela de sua redenção, e em corruptos, ídolos quase que imortais.

Dezembro é não somente um mês no qual o ano termina, mas a data propícia, para que todos se conscientizem de que, só poderão olhar o ontem com gratidão, se não houverem usado outras pessoas, na busca de seus interesses mesquinhos, pois quando isso ocorre, tanto o calor, quanto a luz da amizade, se afastam do seu redor, e o materialismo da terra tende a reger seus comportamentos, passando os mesmos, a perder o mais importante de seus tesouros, que é o respeito que devem fazer por merecer, por parte dos seus semelhantes.

Ainda restam poucas horas até o Réveillon. Tempo suficiente para entender, que para sonhar com ano novo, que realmente mereça este nome, temos que nos fazer renovar de forma consciente, o que não é fácil, pois é dentro de cada um, que o auspicioso tempo cochila, esperando desde sempre, por oportunidades, pois acima de tudo, para que uma diferente época prevaleça, é necessário que o homem possua alma nova e revigorada.

Mais matérias
desta edição