app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Opinião

Responsabilidade coletiva .

.

Por Editorial | Edição do dia 08/06/2024 - Matéria atualizada em 08/06/2024 às 04h00

O combate à desinformação é uma missão essencial para preservar a integridade das democracias e garantir uma sociedade bem informada. A parceria firmada nesta semana entre o Supremo Tribunal Federal (STF) e as principais plataformas de redes sociais, como YouTube, Meta, Google, Microsoft, Kwai e TikTok, evidencia a urgência e a importância dessa luta.

Com o avanço das tecnologias digitais e a disseminação massiva de informações, tornou-se imperativo criar mecanismos eficazes para identificar e conter a propagação de notícias falsas. A questão também mostra a importância do bom jornalismo.

A desinformação não apenas distorce a realidade, mas também mina a confiança pública nas instituições e promove discursos de ódio e ataques à democracia. A liberdade de expressão deve ser protegida, mas não pode ser usada como escudo para a disseminação de inverdades que desestabilizam a sociedade.

O combate à desinformação é uma responsabilidade coletiva. A cooperação das plataformas digitais é crucial nesse esforço, pois são elas que detêm o alcance e a influência necessários para disseminar informações corretas e confiáveis.

Mais matérias
desta edição