app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5757
Opinião

Modelo aperfeiçoado .

.

Por Jorge Carlos | Edição do dia 11/07/2024 - Matéria atualizada em 11/07/2024 às 00h24

Após um longo processo de debate e ajustes, a reforma do Novo Ensino Médio foi finalmente aprovada na Câmara dos Deputados e segue para sanção presidencial. A nova proposta, que será implementada a partir de 2025 para os alunos ingressantes, busca aperfeiçoar o modelo educacional brasileiro, oferecendo um currículo mais flexível e adaptado às necessidades dos alunos.

As principais mudanças previstas na reforma do Novo Ensino Médio incluem aumento da carga horária da formação geral básica e itinerários formativos, em que os alunos terão a oportunidade de escolher disciplinas optativas de acordo com seus interesses e projetos de futuros.

Essa maior flexibilidade curricular permite que os estudantes se preparem para diferentes percursos de vida, seja na educação superior, seja no mercado de trabalho e também no empreendedorismo.

A reforma do Novo Ensino Médio é considerada um passo importante para a melhoria da qualidade da educação brasileira. Entretanto, existem outros problemas que estão muito além do currículo. Educação precisa de investimento em infraestrutura, formação dos docentes e políticas sociais voltadas para os jovens e suas famílias..

Mais matérias
desta edição