app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5758
Polícia

Pol�cia prende 5 suspeitos de tentar assaltar �nibus em BR

Cinco suspeitos de tentativa de assalto a ônibus e cargas foram presos, na madrugada de ontem, num trecho da Rodovia BR-101, próximo à estrada de acesso ao município de Flexeiras, distante 61 quilômetros de Maceió, numa operação conjunta envolvendo poli

Por | Edição do dia 28/08/2002 - Matéria atualizada em 28/08/2002 às 00h00

Cinco suspeitos de tentativa de assalto a ônibus e cargas foram presos, na madrugada de ontem, num trecho da Rodovia BR-101, próximo à estrada de acesso ao município de Flexeiras, distante 61 quilômetros de Maceió, numa operação conjunta envolvendo policiais civis, militares (8º Batalhão e Rádio Patrulha), além de integrantes da Polícia Rodoviária Federal. As prisões aconteceram logo após uma tentativa frustrada de assalto contra um ônibus da Empresa São Geraldo, que fazia a linha Natal/São Paulo. Antônio José da Silva, Manoel Maia da Paz, Adriano de Assis Bezerra, Jaelson Fernandes da Silva e o menor J.A.B, que residem na Paraíba, foram presos no veículo Kadett, de placa MNB 2790/PB, que estava com os dois pneus dianteiros furados, tentando fugir do local da ocorrência. Próximo ao local, segundo a polícia, eles tinham abandonado o veículo Ipanema, placa MUC 4476/AL, pertencente a um cabo da Polícia Militar, que tinha sido furtado em Flexeiras, no dia anterior. “Ao perceber que ia ser assaltado, o motorista colocou o ônibus por cima do carro, que foi jogado para fora da pista. Por isso, eles abandonaram o veículo Ipanema e pegaram o Kadett”, esclareceu o delegado regional de Novo Lino (a 98 km de Maceió), José Carlos Sales. Durante a operação, um quinto suspeito foi preso. O taxista José Paulo Vieira, que tentou fugir de uma das barreiras policiais, montada na Rodovia BR-101, próximo a Joaquim Gomes, no veículo Fiat Uno, placa MUA 5087/AL. Com ele, a polícia apreendeu munições de revólver 38. “O táxi que dirigia estava sem o banco traseiro”, informou um militar. Os cinco foram autuados na delegacia de Messias, para onde foram levados, na manhã de ontem. Eles alegam ser comerciantes. O ônibus seguiu viagem.

Mais matérias
desta edição