app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5758
Polícia

Caso Joaquim: pol�cia retoma investiga��es sobre execu��o

O delegado Arnaldo Soares de Carvalho, do 8º Distrito Policial, designado pela Secretaria de Defesa Social para investigar o assassinato do eletricista José Joaquim de Araújo, 47, ocorrido em sua residência, no bairro de Ponta Grossa, em 7 de julho de 199

Por | Edição do dia 05/09/2002 - Matéria atualizada em 05/09/2002 às 00h00

O delegado Arnaldo Soares de Carvalho, do 8º Distrito Policial, designado pela Secretaria de Defesa Social para investigar o assassinato do eletricista José Joaquim de Araújo, 47, ocorrido em sua residência, no bairro de Ponta Grossa, em 7 de julho de 1999, recebeu, ontem, os 11 volumes do processo e começou a trabalhar no caso. Arnaldo Soares de Carvalho, recém-nomeado para continuar investigando o homicídio, confirmou que vai na primeira fase do caso interrogar o então secretário de Segurança Pública, delegado Mário Pedro. Quer saber por que ele pediu a devolução de 50 armas recolhidas de policiais civis alagoanos que seriam submetidas a exame de balística na Polícia Federal, em Brasília. Novas investigações Soares de Carvalho também vai ouvir o policial civil Ailton Villanova, então diretor do Departamento de Polícia Científica (DPC) e o diretor do Departamento de Polícia Central (Decepoc), delegado Fernando Tenório. Arnaldo Soares não tem prazo para apresentar o resultado das novas investigações por se tratar de um processo volumoso que requer tempo. “É como recomeçar todo o trabalho e ao final dá um parecer”, ressalta o delegado. Na primeira fase do inquérito, denominado Caso Joaquim, a polícia esclareceu a questão da tortura praticada contra o eletricista José Joaquim Araújo Filho, que foi preso horas depois da execução do policial José Melo, acusado de ter sido o autor do homicídio. Na época, nove policiais civis lotados na Secretaria de Segurança Pública foram identificados, presos e indiciados em inquérito de tortura, mas respondem em liberdade.

Mais matérias
desta edição