app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5752
Polícia

Comerciante � encontrado morto

Sucursal Arapiraca – O corpo de José Gregório da Silva, 35, foi encontrado, ontem, com marcas de tiros de espingarda e revólver de calibre 38, na margem de uma estrada de barro no Povoado Ipiranga, município de Igreja Nova. De acordo com o pai da vítima,

Por | Edição do dia 25/09/2002 - Matéria atualizada em 25/09/2002 às 00h00

Sucursal Arapiraca – O corpo de José Gregório da Silva, 35, foi encontrado, ontem, com marcas de tiros de espingarda e revólver de calibre 38, na margem de uma estrada de barro no Povoado Ipiranga, município de Igreja Nova. De acordo com o pai da vítima, João Gregório, José, que negociava venda e compra de gado e emprestava dinheiro a juros (agiota), estava desaparecido desde as quatro da tarde da última segunda-feira. Para parecer que se tratou de latrocínio, quem praticou o crime levou o aparelho celular, relógio e carteira da vítima. A polícia acredita que o assassinato foi premeditado porque a motocicleta em que José Gregório trafegava não foi roubada, mas escondida dentro de um matagal no povoado. Para a família, o crime pode ser investigado seguindo duas vertentes. Na primeira, segundo João Gregório, o autor intelectual ou material pode ser uma pessoa que estivesse devendo dinheiro a José e não tinha condições para pagar. Vingança A segunda hipótese, conforme o pai da vítima, é de vingança. “Há dois anos um primo do José, conhecido como Beré, tentou matá-lo, porém meu filho foi mais rápido e assassinou Beré. Nós da família suspeitamos de que tenha sido encomendado pela viúva do Beré, em busca de vingança”, relatou João Gregório. O corpo de José Gregório da Silva foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

Mais matérias
desta edição