app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Polícia

Abortada tentativa de fuga de acusado de assassinatos

Sucursal União dos Palmares – Policiais civis da 3ª Delegacia Regional de União dos Palmares (3ª DRP) abortaram, na madrugada de ontem, uma fuga numa das celas. Preso, acusado de praticar dois homicídios, Claudemir Lourenço, 28, utilizou uma colher pa

Por | Edição do dia 04/10/2002 - Matéria atualizada em 04/10/2002 às 00h00

Sucursal União dos Palmares – Policiais civis da 3ª Delegacia Regional de União dos Palmares (3ª DRP) abortaram, na madrugada de ontem, uma fuga numa das celas. Preso, acusado de praticar dois homicídios, Claudemir Lourenço, 28, utilizou uma colher para iniciar a escavação da parede, mas foi surpreendido pelos agentes que escutaram o barulho e o impediram. Em um ano, foram registradas duas fugas naquela delegacia. “Eu estava desesperado, porque não consigo entrar em contato com meus familiares e por isso estou passando fome, com a roupa do couro”, denuncia o preso. Ele revelou que encontrou a colher na cela e, por volta das 11 horas, quando todos os outros presos dormiam, começou a escavacar a parede. Lourenço ainda chegou a retirar dois tijolos. Se conseguisse abrir o buraco, sairia, literalmente, pela frente da delegacia. Ele confessou que tomou a iniciativa sozinho e isentou os demais companheiros de cela. Segundo o escrivão Sebastião Ferreira, o agente administrativo Moisés Ferreira, que estava na recepção da delegacia, escutou o barulho e comunicou o fato aos agentes. Estes solicitaram reforço ao 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM) para realizar a revista na cela. Os policiais verificaram a existência do buraco e transferiram os seis presos para outro xadrez. O delegado regional, Airton Omena, instaurou inquérito para apurar o caso e saber como a colher foi parar dentro da cela.

Mais matérias
desta edição