app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Polícia

Colis�o com �nibus mata estudante em Ipioca

O estudante Mário Sérgio dos Santos Silva, 20, morreu, ontem, depois que seu veículo colidiu com um ônibus, no distrito de Ipioca. Até o fim da noite de ontem, a polícia ainda não havia identificado o motorista do coletivo. Um outro ocupante do carro, q

Por | Edição do dia 07/10/2002 - Matéria atualizada em 07/10/2002 às 00h00

O estudante Mário Sérgio dos Santos Silva, 20, morreu, ontem, depois que seu veículo colidiu com um ônibus, no distrito de Ipioca. Até o fim da noite de ontem, a polícia ainda não havia identificado o motorista do coletivo. Um outro ocupante do carro, que não foi identificado, ficou ferido e foi conduzido à Unidade de Emergência Armando Lages. De acordo com os policiais que fizeram os primeiros levantamentos no local, uma equipe da Unidade de Suporte Avançado, da Central de Regulação de Leitos prestou os primeiros socorros ao sobrevivente. Já o corpo de Mário Sérgio foi trasladado para o Instituto Médico Legal Estácio de Lima. Secretário Em outro acidente, na Avenida Fernandes Lima, no bairro do Farol, o secretário de Defesa Social, Antônio Arecippo, sofreu escoriações leves no braço, após o choque entre o veículo oficial, o Santana, placa MU0-2476, e um Uno (foto), placa MUO-2349, conduzido por Benedito Florentino da Silva, que foi conduzido à Unidade de Emergência Armando Lages. Após a colisão, o Uno capotou e atingiu outros três carros que estavam estacionados no Shopping Farol. Segundo o secretário, Benedito estava embriagado e vinha em companhia de uma menor de sete anos, que teve o nome mantido em sigilo. Ela afirmou à polícia que Benedito tentou tocá-la nas partes íntimas, o que consiste crime de atentado violento ao pudor. “Ele teria oferecido lanche e outras coisas para que a menina o deixasse tocá-la”, afirmou Arecippo, acrescentando que foram encontradas duas garrafas de aguardente dentro do Uno. O diretor do Departamento de Polícia da Capital (Depoc), delegado Antônio Monteiro, esteve no local e informou que o lacre da placa do Uno estava violado. “Isso indica que o carro está irregular. Mas ainda estamos levantando se é ou não roubado”, esclareceu.

Mais matérias
desta edição