app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Polícia

Policiais civis em greve avaliam hoje nova proposta do governo

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) realiza uma assembléia geral, hoje, para avaliar a paralisação e analisar a proposta do governo estadual. A assembléia ocorrerá na Praça dos Martírios, após a realização do café da manhã, marcado às 8 h

Por | Edição do dia 15/10/2002 - Matéria atualizada em 15/10/2002 às 00h00

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) realiza uma assembléia geral, hoje, para avaliar a paralisação e analisar a proposta do governo estadual. A assembléia ocorrerá na Praça dos Martírios, após a realização do café da manhã, marcado às 8 horas. Desde o dia 28 de agosto que os policiais civis deflagraram greve por reajuste salarial de 38%, o mesmo percentual conquistado por delegados e procuradores, além do aumento de horas do adicional noturno, a correção das falhas da lei de subsídio e outras reivindicações. Com as negociações, o governador Ronaldo Lessa acenou com os pagamentos de 1/3 de férias devidas dos anos de 2000 e 2001 e o abono família, a correção das distorções da Lei de Subsídio via Procuradoria. Em relação ao adicional noturno, outro pleito da categoria, de acordo com o secretário de Gabinete Civil, Arnaldo Paiva, a reivindicação deve ser discutida juntamente com o secretário de Defesa Social, Antonio Arecippo. O presidente do Sindpol, Carlos Jorge da Rocha, disse que vem pleiteando o aumento de números de horas do adicional noturno com a cúpula da Secretaria de Defesa Social, no entanto, não obteve nenhuma resposta para distribuição e disciplinamento do benefício. Ontem à tarde, a diretoria do Sindpol se reuniu com o secretário de Gabinete Civil para uma nova rodada de negociação. O sindicato irá discutir o cumprimento da data-base e a correção da Lei do Subsídio.

Mais matérias
desta edição