app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Polícia

Mulher baleada pelo marido morre em enfermaria da UE

A doméstica Rosileide Marcelino da Silva, 21, que no ultimo dia 9 foi atingida por dois tiros de revólver, segundo a polícia, disparados pelo marido, o agricultor identificado por José Silva (Gordo), na cidade de Senador Rui Palmeira, a 235km de Mace

Por | Edição do dia 16/10/2002 - Matéria atualizada em 16/10/2002 às 00h00

A doméstica Rosileide Marcelino da Silva, 21, que no ultimo dia 9 foi atingida por dois tiros de revólver, segundo a polícia, disparados pelo marido, o agricultor identificado por José Silva (Gordo), na cidade de Senador Rui Palmeira, a 235km de Maceió, faleceu na noite de segunda-feira, na Unidade de Emergência Armando Lages. O cadáver de Rosileide Marcelino da Silva foi trasladado para o Instituto Médico Legal Estácio de Lima. Dileide Maria, 24, que estava na hora do atentado e foi ferida com um tiro na cabeça, continua internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo informações, seu estado inspira cuidados. Ontem, no Instituto Médico Legal Estácio de Lima, Antônio Ferreira de Souza, 39, tio de Rosileide, disse não proceder a informação de que a sobrinha mantinha um caso amoroso com Dileide Maria. “As duas eram amigas e o crime ocorreu justamente na residência de Dileide. O “Gordo” invadiu a casa e começou a disparar contra as duas e depois fugiu em um trator de sua propriedade”, enfatiza Antônio Ferreira de Souza, que esteve no IML para cuidar da liberação do corpo da sobrinha. O crime está sendo investigado pelo delegado Milton Gomes, da cidade de Santana do Ipanema, que realiza diligências na região para localizar e capturar o autor do homicídio de Rosileide Marcelino da Silva.

Mais matérias
desta edição