app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Polícia

Defesa Social destr�i dois mil CDs apreendidos em Macei�

Atendendo determinação do Ministério Público, a Secretaria de Defesa Social destruiu, ontem, em Ponta Verde, cerca de dois mil CDs piratas apreendidos pela Delegacia de Roubos e Furtos de Maceió, no início do ano, com uma quadrilha do Estado da Bahia

Por | Edição do dia 18/10/2002 - Matéria atualizada em 18/10/2002 às 00h00

Atendendo determinação do Ministério Público, a Secretaria de Defesa Social destruiu, ontem, em Ponta Verde, cerca de dois mil CDs piratas apreendidos pela Delegacia de Roubos e Furtos de Maceió, no início do ano, com uma quadrilha do Estado da Bahia em vários pontos de Maceió. A apreensão foi feita na gestão do então delegado de Roubos e Furtos, Nilson Alcântara, que desarticulou a quadrilha e indiciou todos os envolvidos com a venda dos produtos pirateados nos mercados de Maceió e interior do Estado. O atual delegado de Roubos e Furtos de Maceió, Abelardo Leopoldino, explica que o trabalho vai continuar porque o combate à pirataria “é uma questão de evitar a presença de produtos falsificados, por se tratar de crime. Sem dúvida a Polícia Civil está atenta e não vai permitir a ação dos vendedores”, alerta Abelardo Leopoldino. O diretor de Polícia da Capital (Depoc), delegado Antônio Monteiro de Souza, ressalta que a Secretaria de Defesa Social está reforçando equipes para implementar o combate à pirataria em todo o Estado e que não vai dar trégua às quadrilhas que vendem os produtos sem qualidade e influenciam a adesão de outros grupos. “Este é apenas o início do trabalho da polícia”, explica Antônio Monteiro. O secretário Antônio Arecippo e o delegado Robervaldo Davino participaram do ato e prometem um combate efetivo a esse tipo de atividade ilegal, que vem tomando conta de alguns Estados e que deve ser erradicado o mais breve possível.

Mais matérias
desta edição