app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Polícia

Mercadinhos assaltados

Em setembro, 16 mercadinhos foram assaltados pelos marginais. Em outubro já chega a 20 o número de ataques. O grupo invade o estabelecimento, anuncia o assalto, pega o que pode e vai embora. Na fuga um dos bandidos dispara um tiro para o alto e grita que

Por | Edição do dia 27/10/2002 - Matéria atualizada em 27/10/2002 às 00h00

Em setembro, 16 mercadinhos foram assaltados pelos marginais. Em outubro já chega a 20 o número de ataques. O grupo invade o estabelecimento, anuncia o assalto, pega o que pode e vai embora. Na fuga um dos bandidos dispara um tiro para o alto e grita que a polícia não pode ser comunicada. As quadrilhas atuam mais nos bairros distantes do centro da cidade e menos policiados. No período de greve os bandos chegaram a praticar até dois assaltos por dia. Os bairros mais procurados são Benedito Bentes, Clima Bom, Eustáquio Gomes de Melo, Salvador Lira, Jacintinho, Vergel do Lago, Prado, Poço e Feitosa. Pesquisa revela que nestes bairros se concentram muitos mercadinhos de fácil área de fuga para os marginais que atuam encapuzados e sempre levam vantagem porque a polícia quando chega para o socorro o assalto está consumado. No Clima Bom, recordista em assalto, dezenas de pequenos comerciantes mudaram de ramo. O Benedito Bentes, por ser o mais populoso de Maceió, tem suas fatias muitos disputadas pelos bandos que vêm agindo livremente sem ser molestado. Policiais que trabalham naquele conjunto dizem que existem pelo menos cinco quadrilhas rivais que agem à luz do dia.

Mais matérias
desta edição