app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Polícia

Pai de F�bio Acioli � ouvido

O pai do estudante Fábio Acioli, o médico Paulo Medeiros, esteve, durante toda a manhã de ontem, no Fórum do Barro Duro, para prestar esclarecimentos a respeito da declaração dada por ele, no último dia 15, ao término do julgamento dos dois autores materi

Por | Edição do dia 26/01/2013 - Matéria atualizada em 26/01/2013 às 00h00

O pai do estudante Fábio Acioli, o médico Paulo Medeiros, esteve, durante toda a manhã de ontem, no Fórum do Barro Duro, para prestar esclarecimentos a respeito da declaração dada por ele, no último dia 15, ao término do julgamento dos dois autores materiais do crime que vitimou o estudante, em agosto de 2009. O juiz Geraldo Amorim, responsável pelo caso, acatou o pedido feito pelo promotor José Antônio Malta Marques, e convocou o pai do estudante, que afirmou, após a leitura da sentença dos réus, acreditar na inocência dos dois condenados. Durante a oitiva nesta sexta-feira, o pai da vítima disse que o crime foi um engano. O médico Paulo Medeiros chegou ao fórum por volta das 8h, acompanhado da esposa Marilze Acioli e da filha Paula Acioli. Após serem ouvidos, eles deixaram o local, cerca de quatro horas depois, sob a escolta de dois policiais militares, que foram acionados para impedir qualquer tipo de abordagem por parte da imprensa. A diretora do fórum também acompanhou a família no momento em que ela deixava o local, em silêncio. De acordo com o juiz Geraldo Amorim, a convocação foi feita para que o médico esclarecesse a declaração e informasse se possuía alguma coisa que pudesse ajudar no esclarecimento do crime, que continua sem nenhum suspeito de autoria intelectual.

Mais matérias
desta edição