app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Polícia

Acusados de assalto s�o presos

A Polícia Civil apresentou, na manhã de ontem, três suspeitos de assaltar uma loja de informática, no bairro da Jatiúca, na última terça-feira (26). Walter Gomes de Oliveira, 19 anos, Kliuton Silva Cardoso, 21 anos, e Felipe Patricks de Lima Araújo, 21 an

Por | Edição do dia 01/03/2013 - Matéria atualizada em 01/03/2013 às 00h00

A Polícia Civil apresentou, na manhã de ontem, três suspeitos de assaltar uma loja de informática, no bairro da Jatiúca, na última terça-feira (26). Walter Gomes de Oliveira, 19 anos, Kliuton Silva Cardoso, 21 anos, e Felipe Patricks de Lima Araújo, 21 anos, foram presos após terem a numeração do táxi utilizado durante a prática criminosa informada por um popular à polícia, por meio do disque denúncia 181. Eles vão responder por roubo majorado e podem pegar de 5 a 10 anos de reclusão. De acordo com o diretor de Polícia Judiciária Metropolitana, delegado Carlos Reis, as investigações para identificar os assaltantes tiveram início no mesmo dia em que aconteceu o crime, depois que a numeração colocada nos táxis de Maceió pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) foi informada por um popular, por meio de denúncia anônima. “Com esse número em mãos, procuramos a SMTT e pegamos os dados cadastrais do veículo. Ontem [quarta-feira] pela manhã, a equipe chegou até os três jovens presos”. O táxi pertence a José Adriano, que é pai de Walter e foi acusado, em 2009, de participar do assalto a uma agência bancária da Caixa Econômica Federal, no Centro de Maceió, que resultou na morte do policial civil Anderson Lima. Foi José Adriano quem levou a polícia até o filho e que apontou os outros dois participantes do assalto, que seriam vizinhos dele.

Mais matérias
desta edição