app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5712
Polícia

Policiais da Oplit prendem acusado de roubar carro

Policiais da Operação Litorânea (Oplit) prenderam, na noite do último domingo, na Jatiúca, Gianfranco Santos Silva, acusado de se utilizar de uma chave “mincha”, destinada a abrir carros, para furtar um veículo Fiat Uno, modelo 1998, placa JNR 0643/BA, de

Por | Edição do dia 05/11/2002 - Matéria atualizada em 05/11/2002 às 00h00

Policiais da Operação Litorânea (Oplit) prenderam, na noite do último domingo, na Jatiúca, Gianfranco Santos Silva, acusado de se utilizar de uma chave “mincha”, destinada a abrir carros, para furtar um veículo Fiat Uno, modelo 1998, placa JNR 0643/BA, de propriedade de Fabiana Alves. Ele tinha aberto o veículo e escondido nos fundos de uma pizzaria daquele bairro, retornando para o local do furto. Alertados por um vigilante, identificado apenas por Fernando, os policiais da equipe Alfa 1, sob o comando do policial Ubirajara, foram ao local e deram o flagrante no suspeito, quando ele retornou para apanhar o veículo. Além do carro, a chave foi apreendida. Emplacamento Segundo o delegado de Roubos e Furtos de Veículos, Valdir Silva de Carvalho, o veículo não foi devolvido à proprietária pela delegada de plantão na Central Integrada de Atendimento Policial ao Cidadão (CIAPC III), Marilene Sabino, em virtude de se encontrar com o emplacamento atrasado dois anos, fato que resultou no recolhimento ao pátio da DRFV. O delegado de Roubos e Furtos de Veículos informou que Gianfranco Santos Silva será submetido a interrogatório e caso se confirmem as denúncias de que integra uma quadrilha especializada em furto de veículo, como suspeitam os policiais da Oplit, ele será indiciado em inquérito policial. O delegado Valdir Silva de Carvalho acrescentou que o veículo Fiat Uno, por ser fácil de abrir, tornou-se um dos mais preferidos dos “puxadores” de carros. Também é o preferido dos ladrões de acessórios. “As queixas de roubo dos proprietários de veículos desta marca e modelo são comuns em todo o País”, concluiu.

Mais matérias
desta edição