app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5750
Polícia

Pai-de-santo � acusado de recepta��o e acaba preso

O trabalho desenvolvido pela equipe do delegado de Atalaia, Cícero Paulo Barros Costa, logo após a prisão de Damião Alexandre da Silva, 20, acusado de mais de 50 arrombamentos a residências, tem agitado a comunidade do município, distante 53 quilômetr

Por | Edição do dia 09/11/2002 - Matéria atualizada em 09/11/2002 às 00h00

O trabalho desenvolvido pela equipe do delegado de Atalaia, Cícero Paulo Barros Costa, logo após a prisão de Damião Alexandre da Silva, 20, acusado de mais de 50 arrombamentos a residências, tem agitado a comunidade do município, distante 53 quilômetros de Maceió. Ontem pela manhã, o delegado prendeu um dos principais receptadores dos furtos, o pai-de-santo Severino Marcelino dos Santos, 44, que devolveu, inicialmente, dois aparelhos de televisão. O delegado Cícero Paulo declarou já haver recuperado e devolvido quase uma centena de objetos furtados pelo arrombador, que não tinha um tipo de mercadoria definido e garante que agia por encomenda. “Apreendemos televisores, rádios, toca-fitas, bombas-d’água, bicicletas, botijões de gás, cadeiras plásticas e até carros de mão, dezenas deles”, informou. Damião afirmou em interrogatório: “Só entreguei o macumbeiro porque fiquei decepcionado. Ele me garantiu que seu “exu-quebraquilo” deixava meu corpo fechado e que cegava a polícia. Eu nunca seria preso”, declarou. Na última quinta-feira, quando foi entregar outro receptador, o acusado quase foi linchado pela comunidade local.

Mais matérias
desta edição