app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Polícia

Estudante � espancado dentro do Cepa

Gritos, correria, tumulto. Este foi o cenário que mais de cinco mil alunos do Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas (Cepa), localizado no Farol, presenciaram na manhã de ontem, quando um adolescente, identificado pelas iniciais M.E.S.C., de apenas 16

Por | Edição do dia 10/05/2013 - Matéria atualizada em 10/05/2013 às 00h00

Gritos, correria, tumulto. Este foi o cenário que mais de cinco mil alunos do Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas (Cepa), localizado no Farol, presenciaram na manhã de ontem, quando um adolescente, identificado pelas iniciais M.E.S.C., de apenas 16 anos, estudante do 6º ano da Escola Estadual Maria José Loureiro, foi brutalmente espancado, por quinze pessoas, entre elas estudantes das escolas que integram o maior complexo de ensino público da América Latina. A informação foi repassada por militares do Batalhão Escolar que fazem o policiamento no local. De acordo com o sargento C. Júnior, o fato aconteceu no fim da manhã, dois dias depois de um aluno agredir, com barra de aço, o vigilante da Escola Estadual Professor Rosalvo Lôbo, no bairro da Jatiúca. Conforme a Gazeta apurou, um adolescente – que não estuda no Cepa – teria começado uma brincadeira com uma bolinha de papel, junto com vários alunos. A brincadeira ganhou gravidade quando a bolinha foi trocada por pedra. “Um jovem que estava brincando, percebendo que a situação ganhara peso, correu para a Escola Maria José Loureiro para se proteger, porque um irmão mais velho estuda lá”, explicou um dos servidores, sem se identificar.

Mais matérias
desta edição