app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Polícia

Secret�rio � assassinado a tiros

Passo do Camaragibe – O secretário de Agricultura de Passo do Camaragibe, Márcio Bomfim Alves, 34 anos, foi assassinado a tiros de pistola PT-380 ontem à tarde. O corpo foi encontrado por volta das 14 horas a poucos metros do carro dele, numa estrada vici

Por | Edição do dia 23/05/2013 - Matéria atualizada em 23/05/2013 às 00h00

Passo do Camaragibe – O secretário de Agricultura de Passo do Camaragibe, Márcio Bomfim Alves, 34 anos, foi assassinado a tiros de pistola PT-380 ontem à tarde. O corpo foi encontrado por volta das 14 horas a poucos metros do carro dele, numa estrada vicinal de acesso à Fazenda Riachão, no entroncamento com a AL-430, zona rural deste município, a 89 quilômetros de Maceió, no Litoral Norte de Alagoas. Márcio era presidente do diretório municipal do Partido da Mobilização Nacional (PMN) e foi, na legislatura passada, presidente da Câmara de Vereadores da Barra de Santo Antônio, onde chegou a desempenhar o cargo de prefeito interino. O delegado de Passo do Camaragibe, Belmiro Cavalcante, disse que trabalha com três linhas de investigação, mas só revelou uma delas: o crime teria motivação política. “Não podemos descartar essa linha de investigação em razão de se tratar de um político com atuação em dois municípios”, ponderou o delegado. Por determinação do delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, Belmiro receberá apoio nas investigações da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic). Márcio disputou, no ano passado, uma vaga na Câmara de Vereadores de Passo do Camaragibe, mas não conseguiu se eleger. Ele concorreu, inclusive, com um tio e o irmão dele, Marcos Bomfim Alves, o “Marquinhos”, que venceu o pleito e tornou-se presidente daquele Poder Legislativo. Visivelmente abalado, Marquinhos preferiu não falar com a Gazeta. Logo que soube da morte do irmão, ele se deslocou ao local do crime, juntamente com outros familiares, que também não quiseram se pronunciar sobre o homicídio.

Mais matérias
desta edição