app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5754
Polícia

Pai mata filho a golpes de faca-peixeira dentro de bar

Ednelson Feitosa O pedreiro Mauro de Oliveira, 58, foi preso e autuado em flagrante pelo delegado Aguinaldo Cardoso Ramos, de plantão na Central Integrada de Atendimento Policial ao Cidadão (CIAPC III), em Cruz das Almas, logo após assassinar, com tr

Por | Edição do dia 14/11/2002 - Matéria atualizada em 14/11/2002 às 00h00

Ednelson Feitosa O pedreiro Mauro de Oliveira, 58, foi preso e autuado em flagrante pelo delegado Aguinaldo Cardoso Ramos, de plantão na Central Integrada de Atendimento Policial ao Cidadão (CIAPC III), em Cruz das Almas, logo após assassinar, com três golpes de faca-peixeira, o próprio filho, Marcos de Oliveira, 28, a quem acusou de não trabalhar e ser viciado em drogas. O homicídio ocorreu no interior do bar, naquele bairro, onde os dois estavam bebendo. Segundo o acusado, insistia com o filho da necessidade de ele se separar da mulher com quem convivia, nos últimos três meses, pois não havia lugar para o casal dormir. “Eles estavam dormindo do lado de fora. O que eu acreditava ser perigoso”, revelou. Mauro de Oliveira declarou também que o filho repetiu uma frase que muito o irritava, ou seja, que quem deveria deixar a casa era ele. “Fiquei revoltado, então decidi resolver a situação naquela hora. Fui em casa, peguei a faca, voltei e dei três golpes nele”, concluiu. A vítima morreu no local. Por ter sido autuado em flagrante, o pedreiro deve permanecer por cerca de uma semana na Delegacia do 9º Distrito e, em seguida, será levado para o Presídio São Leonardo, onde aguardará julgamento.

Mais matérias
desta edição