app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5754
Polícia

Cavalcante vai a julgamento�dia 19 pela morte de Vianna

O segundo grupo de acusados da morte do fiscal de rendas Sílvio Vianna vai a julgamento, pelo júri popular, no dia 19 de dezembro próximo. Vão sentar no banco dos réus o ex-tenente-coronel Manoel Cavalcante, o ex-tenente José Luiz da Silva Filho, o ex-sol

Por | Edição do dia 20/11/2002 - Matéria atualizada em 20/11/2002 às 00h00

O segundo grupo de acusados da morte do fiscal de rendas Sílvio Vianna vai a julgamento, pelo júri popular, no dia 19 de dezembro próximo. Vão sentar no banco dos réus o ex-tenente-coronel Manoel Cavalcante, o ex-tenente José Luiz da Silva Filho, o ex-soldado PM Garibaldi Santos de Amorim e o fazendeiro José Fernandes Costa, o Fernando Fidélis. Todos os acusados haviam apelado da sentença de pronúncia, mas esta semana desistiram da ação, levando o juiz Daniel Accioly a marcar a data do julgamento. Ébson de Vasconcelos (Eto), que apontou Cavalcante como mandante do crime, foi assassinado no último dia 9, no centro de Maceió, crime classificado como queima de arquivo. No dia 28 de outubro fez seis anos que Sílvio Vianna foi morto com vários tiros de escopeta quando voltava, de carro, de Ipioca.

Mais matérias
desta edição