app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Polícia

Dom�stica espancada morre na UE

A doméstica Maria Ana Lúcia, 16, que no último dia 17 foi atacada por bandidos e vítima de agressão no Conjunto Benedito Bentes, morreu na noite de quinta-feira, na UTI da Unidade de Emergência Armando Lages. O cadáver foi trasladado para o Instituto Médi

Por | Edição do dia 23/11/2002 - Matéria atualizada em 23/11/2002 às 00h00

A doméstica Maria Ana Lúcia, 16, que no último dia 17 foi atacada por bandidos e vítima de agressão no Conjunto Benedito Bentes, morreu na noite de quinta-feira, na UTI da Unidade de Emergência Armando Lages. O cadáver foi trasladado para o Instituto Médico Legal Estácio de Lima. Um parente, chocado com o que ocorreu com Maria Ana Lúcia, disse apenas que ela seguia para sua residência, por volta das 18h30, quando foi atacada por cerca de três viciados em drogas. “É tudo que sei”, explica. O crime está sendo investigado pelo delegado Arnaldo Soares de Carvalho, do 8º Distrito Policial. Pelo menos três quadrilhas que atuam na Grota da Alegria estão sendo procuradas pelos policiais civis. Há a informação de que membros das quadrilhas podem estar envolvidos com a agressão, que culminou com a morte da doméstica. “Trata-se de viciados que vêm cometendo do pequeno ao grande crime. Mas a prisão desta gente é uma questão de tempo”, garante um policial civil, que está comandando todo o trabalho de investigação. Crime No bairro de Bebedouro, Claudemilson Silva, 33, foi atacado a tiros de revólver e morreu a caminho da Unidade de Emergência Armando Lages, por volta das 19h de quinta-feira. Segundo uma testemunha, a vítima havia acabado de chegar do trabalho quando foi emboscada. O delegado Fernando Artur, do 4º Distrito, começou a investigar o assassinato.

Mais matérias
desta edição