app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Polícia

Ex-detento preso por roubo amea�a matar policial civil

O ex-detento Márcio Viana Saturnino, 21, (Baia), condenado a 6 anos de prisão por envolvimento em quatro assaltos a mercadinhos em Maceió, mas estava em liberdade condicional e voltou a ser preso por mais um assalto, afirma que quando for colocado em

Por | Edição do dia 23/11/2002 - Matéria atualizada em 23/11/2002 às 00h00

O ex-detento Márcio Viana Saturnino, 21, (Baia), condenado a 6 anos de prisão por envolvimento em quatro assaltos a mercadinhos em Maceió, mas estava em liberdade condicional e voltou a ser preso por mais um assalto, afirma que quando for colocado em liberdade vai acertar as contas com o policial civil Edval Ramos, da Delegacia de Roubos e Furtos de Maceió (DRFM). “Ele, não sei por que, decidiu que vai atentar contra a minha vida. Quero que a sociedade fique certa de que o preso jamais sofreu qualquer tipo de violência. Mesmo porque todos são respeitados”, relata Edval Ramos. O delegado Abelardo Leopoldino disse que Márcio Viana Saturnino, que afirma ser gráfico e natural de Salvador, só cumpriu 1 ano e 9 meses de prisão, no Instituto Penal São Leonardo, e é na verdade um assaltante de mercadinhos e tem muitas passagens pela polícia. “Ele atuava no Conjunto Clima Bom e Stella Maris. Acabou sendo preso novamente por assaltos e vai voltar à prisão. E ainda, ameaça de morte um colega policial”, ressalta o delegado Abelardo Leopoldino. Márcio Viana Saturnino confirmou que realmente ameaçou o policial de morte mas não disse por que. Quanto às prisões por assaltos a mercadinhos, ele também confessou. Disse que recentemente ocorreu em uma residência no Conjunto Stella Maris, em Cruz das Almas. “Entrei na casa e roubei computador, videocassete e vários DVDs. Tenho quatro prisões e vários processos na Justiça”, relata o gráfico Márcio Viana.

Mais matérias
desta edição